Receita

Como já dito em outro artigo, receita é nome pelo qual é conhecida a mistura preparada da henna com líquidos para aplicar nos cabelos. Recaptulando: a henna deve entrar em contato com algum líquido para liberar o pigmento (o líquido recomendado deve ser um pouco ácido, se você não sabe, volta lá no post número 1!).

Mas o que a receita contém? Bom, as receitas variam de acordo com o resultado que se quer obter e a base em que o cabelo está. Assim, existe uma variação na quantidade de henna usada e  líquidos. Por exemplo:

  • Uma receita que contenha 100g de henna (mais concentrada) provavelmente* resultará numa cor mais escura/cobre.
  • Uma receita que contenha 30g de henna (menos concentrada) provavelmente* resultará numa cor mais clara/laranjinha.
  • Uma receita que contenha muitos líquidos provavelmente resultará numa cor mais clara, já que a henna está bastante diluída.

*”provavelmente” porque a quantidade de líquidos também deve ser levada em consideração

Como opções de líquidos, várias receitas utilizam a combinação de água e ácidos como vinagre de maçã, suco de limão, suco de laranja ou alguns chás. Essa mistura é utilizada por 2 motivos: apenas com água morna o pigmento não é totalmente liberado. Por outro lado, aplicar um líquido ácido nos cabelos por horas pode ressecar e danificar os fios. A combinação água+ácido ajuda tanto na liberação de pigmentos, quanto no tratamento das madeixas :)

Tente escolher a opção que for mais cômoda para você. Por exemplo: algumas meninas não suportam o cheiro de vinagre de maçã. Caso isso aconteça, opte pelo suco de limão ou laranja.

A receita segue geralmente este padrão:
– X gramas de henna em pó 100% pura
– X ml de água
– X ml de (insira aqui um líquido ácido dentre os já citados)

Atenção 1: água em temperatura muito quente pode prejudicar a estrutura do pigmento, então utilize água morna e não água fervendo-saindo-fumaça-queimando.
Atenção 2: quando preparar sua receita, não utilize objetos de metal (colher, depósito, etc). O contato com metais pode modificar a coloração da henna.

Tempo de descanso

Depois de preparada a receita, a henna deve descansar. Esse tempo de descanso pode variar dependendo da temperatura em que ela está. Como já dito anteriormente, em temperaturas mais quentes o pigmento é liberado mais rapidamente (como pode ser visto no gráfico abaixo). Porém, é recomendado sempre fazer um teste de pigmentação, que consiste em simplesmente pingar um pouco da receita na sua mão e deixar por alguns minutos (de 2 a 5 min). Quando retirar, se manchar sua mão, o pigmento já foi liberado. Se não, é recomendado esperar mais.

 

Mas porque demora tanto? Bom, o processo de “quebrar” a celula vegetal é lento, leva várias horas. Pense nos animaizinhos ruminantes que tem um estômago muito mais complexo que o nosso pra fazer isso. ;)

E os temperos?

Para uma variação maior de tons e cores, algumas pessoas adicionam em suas receitas temperos naturais em pó. São comumente utilizados o açafrão (para reflexos mais puxados para o dourado e para um cobre mais vivo/alaranjado), colorau, urucum ou páprica doce (para tons mais avermelhados).

É importante dizer que os temperos desbotam com as lavagens. A henna fica, os temperos se vão!

E o creme branco?

Primeiramente, explicando: creme branco é qualquer creme de hidratação que tem a cor (a-ha!) branca :)

Ele pode ser adicionado depois da mistura preparada/descansada e antes de aplicar no cabelo. O creme é usado principalmente para 2 fins: quando a receita fica muito diluída, ela tende a escorrer dos cabelos durante as horas em que fica na cabeça, tornando o processo mais trabalhoso. Quando o creme é adicionado, a receita pode ficar mais pastosa e evitar o escorrimento.

E agora entra o segundo fator: o creme é mais um ingrediente que dilui a henna, então também pode ser utilizado para a receita obter um tom mais claro. Lembre-se: se você fez a receita e resolveu de última hora adicionar creme, isso vai influenciar na cor que você quer atingir (vai ficar mais claro. O quão mais claro depende da quantidade de creme).

Por fim, algumas pessoas gostam de adicionar creme simplesmente pra tratar o cabelo enquanto passam horas com a henna na cabeça :D

E pode congelar?

Pode sim. A henna pode ser congelada de algumas maneiras:

  • A receita é preparada, aguarda o tempo de descanso e depois é congelada.
  • A receita é preparada, sem tempo de descanso e depois é congelada.
  • A receita é preparada, aguarda tempo de descanso, é utilizada e sobrou alguma coisa. Essa sobra também pode ser congelada.

Para utilizar a henna depois, é só descongelar. Porém, se você vai congelar sem aguardar o tempo de descanso, faça um teste de pigmentação para saber se a henna está pronta para uso antes de aplicar nos cabelos. Aliás, faça SEMPRE um teste de pigmentação antes de aplicar.

Lembrando que: não é recomendado congelar a receita quando ela está misturada ao creme branco.

Isso é tudo?

Bom, nunca vai “ser tudo”, mas é um resumo bem completo do que é a receita e de como ela deve ser utilizada :)

FONTES
Chemistry of henna
A henna e suas curiosidades físico-químicas (do blog Além do Lab)
Henna – amor que não desbota (grupo no FB)

Anúncios